12 junho 2011

O SAPO E O ESCORPIÃO

Era uma vez um sapo e um escorpião que estavam parados à margem de um rio.

- Você me carrega nas costas para eu poder atravessar o rio? - perguntou o escorpião ao sapo.

- De jeito nenhum! Você é a mais traiçoeira das criaturas. Se eu te ajudar, você me mata em vez de me agradecer.

- Mas se eu te picar - respondeu o escorpião com uma voz terna e doce - morro também. Me dê uma carona. Prometo ser bom, meu amigo sapo.

Confiando na lógica do escorpião, o sapo concordou e o levou nas costas.

Durante a travessia do rio, porém o sapo sentiu a picada mortal do escorpião.

- Por que você fez isso, escorpião? Agora nós dois morreremos afogados! - disse o sapo.

E o escorpião simplesmente respondeu:

- Por que esta é minha natureza, meu amigo sapo. E eu não posso mudá-la.


Eu tenho vocação pra sapo. Sou justa, lúcida, razoavelmente solidária e desgraçadamente crédula (modesta também, como se pode perceber!)

Tem lá sua beleza, claro. Mas depois de mais uma picada de escorpião eu tô pedindo arrego:

Oração da Moribunda Envenenada

Pai, se é da minha natureza ser tão idiota enton eu te peço mais um anjo de guarda. Um só não tem dado conta de me proteger nem de mim mesma nem dos escorpiões.

Com os bichinhos de verdade é fácil, basta manter distância ou pisar em cima. Mas com esses metafóricos eu sou obrigada a admitir que não sei o que fazer. AMÉM

4 comentários:

Jana disse...

Ah guria, ainda bem que com o tempo os sapos se tornam imunes ao veneno do escorpião. Claro isso não quer dizer que não de raiva pela trairagem...

Beijos

katy disse...

oi clara, conheço essa história com outro final: o escorpião pica o sapo quando já está perto da margem, e
aí ele pula e se salva e o sapo morre afogado. mas, concordo com a janaína, depois de um tempo o sapo fica imune a picada ou então aprende a recusar ajuda ao escorpião. bjs e boa semana.

Vanessa disse...

É, os escorpiões me envenenaram de tal maneira, que hoje nem sei se sou sapo ainda, e já me transformei em um deles.

Beijos e boa semana.

Anônimo disse...

Na minha opinião o sapo é a paz e o escorpião é a guerra. O sapo é passivo e o escorpião é ativo. Isso é o ying-yiang. Essa lenda é na verdade a fusão do positivo com o positivo, do superior com o inferior. O sapo e o escorpião são forças complementares. A união dos opostos. Note que no fim da estória ambos morrem. Todos somos iguais no início e no fim, sendo maus ( escorpiões ) ou sendo bons ( sapos )