12 julho 2011

COERÊNCIA: PASSE ADIANTE!

tirinha do Caetano Cury

As vezes a gente fala demais, se expressa mal. Acontece. Eu mesma vivo derrapando.

Mas eu acho MERMO que quem fala para microfones tem que pensar melhor. Tem que se preocupar mais ainda com o que diz.

Morri de vergonha alheia pelas idiotices que a sra deputada do RJ e o sr bispo de SP andaram dizendo... tive mais vergonha ainda de como se comportaram depois: ambos - sem um cisco de humildade - dizendo que foram mal interpretados. O sr bispo parece que foi mais longe e acusou a jornalista que o entrevistou de ter deturpado o que foi dito. pfffff

Ok. Estamos numa democracia. As pessoas têm direito de defender suas crenças. pfffff²

Tenho pelo menos 2 amigos com vocação para inquisidor. São dogmáticos, intransigentes e não piscam duas vezes para metralhar suas verdades absolutas contra qualquer incauto que lhes cruze o caminho. Eles se acreditam em guerra contra o mundo e minhas opiniões divergentes já renderam batalhas homéricas... mas nós nos amamos e a vida segue sem mortos ou feridos rs (chega uma hora que eu meio que canso de tanta miopia e jogo a toalha!)

Dai que quando eu vejo alguma autoridade eclesial - ou pseudo autoridade, o que é mais comum - tropeçando no próprio embaraço ou quando participo de alguma discussão mais passional eu fico pensando que esse povo aleluiado demais deve ter algum tipo de imunidade espiritual. Tipo parlamentar, sabe? Seres-eleitos-que-estão-um-degrau-acima-dos-reles-mortais. A eles não se aplicam as regras que valem pra plebe pq se entendem diretamente com Deus: erram, se confessam ao padre que mais lhes agrada e fica tudo certo. Deus é dez, vai na fé, paz e bem!

Nem vou falar dessa guerra besta com os gays até pq eles tb capricham na falta de bom senso. Mas eu realmente me preocupo vendo a criatura confundir pedofilia com orientação sexual, sustentar isso sem o menor constrangimento - até com uma certa arrogância! - e ainda ter muita gente batendo palmas! O que é isso, minha gente? Jesus liberta, não emburrece não!

E o que é esta Babel que se ergue quando o assunto é aborto? Não sei vcs, mas eu passo mal com essa gente que se diz defendendo a vida e argumenta como se a única vítima de um aborto fosse o bebê que não vai nascer. O assunto é nevrálgico, não serão meus pífios achismos a clarear as coisas, mas não é MUITO estranho tanto barulho contra o aborto e nenhuma palavra para proteger vítimas de violência sexual, pra ficar num exemplo, digamos, beeeem pertinente aos padres?

Felizmente para cada Myrian Rios há um Frei Beto anônimo e atuante \o/

Eu não tenho dúvidas de que é essa raça de católicos, gente que fala pouco e age muito, que sustenta a Igreja desde que eram apenas um punhado de galileus esfarrapados sobrevivendo ao império romano.

4 comentários:

katy disse...

oi clara, ouvi falar dessas asneiras que o povo culto fala por aí. pra dizer a verdade, prefiro nem escutar nem saber de nada, porque de besteiras já estou cheia. é melhor ignorar, porque doido e/ou ignorante contrariado é perigoso!!!! bjs

Vanessa disse...

Por mais engraçada que seja a tirinha...
você tem razão, falamos demais...e bota mais nisso...

Aliás, você tá sabendo da última?

(rs)

Beijos e Boa Semana!

Oksana disse...

Menina, enviaram-me o vídeo do discurso da deputada, mencionando sua "coragem" de dizer o que pensa... Recusei-me a assistir. O fato de o Brasil ser um estado laico não obriga as pessoas a abandonarem suas crenças, mas não vejo nada de corajoso em se autopromover às custas de um discurso pseudoreligioso.
Acho sim uma covardia abusar da fé e, muitas vezes, da ignorância das pessoas para divulgar ideias tão tacanhas enquanto tem tanta coisa mais importante a ser resolvida, como vc citou!
Beijos

Miriam disse...

Oi!!!

Adorei o blog!!!Como faço para seguir???